Psicofármacos / Hipnótico
Voltar | Ver bula |
Dormire

O que é ?
O dormire é o midazolam, um hipnótico (medicação usada para induzir ao sono) do grupo dos benzodiazepínicos

Principais efeitos
A indução ao sono começa em 15 minutos, sendo o pico de ação de 30 minutos a 1 hora e o tempo de duração do efeito de 2 a 6 horas.
Como todo benzodiazepínico possui o efeito de sedação, o motivo pelo qual se usa e classifica o dormire como um hipnótico, é seu tempo de ação. Os hipnóticos devem possuir as seguintes características: rápido início de ação para que o usuário durma logo depois de tomá-lo, e rápido tempo de eliminação para que o usuário não fique sonolento depois da hora de acordar. Por seu curto tempo de ação, apesar de ter efeito calmante não deve ser usado com essa finalidade.

Como é usado ?
O uso da medicação para ajudar a dormir é o modo mais fácil de regularizar o sono: basta tomar um comprimido antes de dormir. Muitas vezes é necessário mudar alguns hábitos, como não dormir durante o dia, não tomar mais do que cinco xícaras de café por dia e nenhum café depois das 16:00h; evitar atividades físicas antes de dormir bem como filmes excitantes. As medicações com possível efeito estimulante devem ser tomadas o mais cedo possível.
Antes que tudo isso seja feito é necessário verificar as causas da insônia. É comum um paciente ter como principal queixa a insônia, mas na verdade estar deprimido, por exemplo. Nesses casos um remédio para dormir não vai resolver: tem que ser feito o tratamento para a depressão. Na medida em que os sintomas depressivos cedam (e a insônia é um deles) o sono se regulariza.

Considerações importantes
Pacientes com cirrose hepática terão o tempo de ação dessa medicação prolongada.
As substâncias que deprimem o cérebro como anti-histamínicos, álcool, barbitúricos potencializam o efeito do dormire. Há evidências de má formação do feto, quando usado durante o primeiro trimestre: mesmo sendo isso raro só será recomendável seu uso quando os benefícios forem superiores aos potenciais riscos. Pacientes com as seguintes doenças devem receber uma atenção especial para o uso do dormire: pacientes com insuficiência cardíaca, insuficiência renal ou hepática, com problemas respiratórios e idosos.

Última Atualização: 24-07-2005
Ref. Bibliograf.:

Clinical Evaluation of Psychotropic Drugs 1994
Robert Prien